sábado, 20 de fevereiro de 2010

Grandiosa manifestação clerical e neonazi na Av. da Liberdade: três mil pessoas(?)

A manifestação convocada pelos fascistas do PNR e pelos clericais das associações pró-«família tradicional» juntou de duas mil e quinhentas a cinco mil pessoas.
Se foi por causa desta tropa fandanga de beatos, freiras, cabeças rapadas e monárquicos que o Sócrates não aprovou já a adopção de crianças por casais do mesmo sexo, foi muito maricas.
Cavaco ficou com menos espaço para vetar.
(A imagem é do Cinco Dias.)