sábado, 30 de janeiro de 2010

Tony 'Bliar': No regrets!

Kim Jong Blair, como lhe chamou a BBC, está a responder pelos crimes do seu mandato e por ter lambido as botas a George Bush e ao capitalismo selvagem internacional, por dinheiro. sem vergonha nem escrúpulos, como um sociopata comum, tem repetido as mentiras que os media espalharam na altura e garantido que a invasão do Iraque não teve nada que ver com o facto do país flutuar em cima dum lago de petróleo.

Bronzeado e multimilionário, declarou que se sentia "chocado" com as histórias de tortura de Abu Ghraib. Como se fôssemos todos estúpidos.

Blair sabe que, no fim do dia, esta pequena humilhação pública será rapidamente esquecida e a fortuna que recebeu em troca dos favores políticos que prestou continua a render.