quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

E depois do pior, há ainda pior

  • «Os portugueses estão cada vez mais longe do estilo de vida dos europeus. O poder de compra das famílias é 76% da média da União Europeia e há mais de uma década que Portugal não descola na escala do bem-estar. Países como a Grécia evoluíram e mesmo os checos e os eslovenos ultrapassaram o nível de vida dos portugueses. (...) Enquanto a República Checa, Malta, Portugal e Eslováquia fazem parte do grupo que está 20% a 30% abaixo da média, a Polónia, Estónia e a Hungria estão entre os países 30% a 50% distantes do nível médio de vida dos europeus. Um terceiro pelotão de países está na cauda da Europa dos 27. Roménia e a Bulgária têm menos de metade do poder de compra dos europeus (...) Nos próximos 17 anos - de acordo com um cenário de médio prazo - prevê-se que Portugal volte a crescer, anualmente, abaixo da Zona Euro. Se assim suceder, nas próximas duas décadas os portugueses não conseguirão fazer progressos na convergência rumo ao estilo de vida europeu.» (Diário de Notícias)