terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Só mais uma coisa

Quando falo na ponta de um icebergue refiro-me,por exemplo, ao caso do Padre James D. Foley, cujo ficheiro foi entregue a um advogado por engano.

Enquanto investigava o Padre James J. Foley, sob suspeita de abuso sexual de menores, o advogado solicitou o ficheiro à diocese de Boston, que lhe enviou o ficheiro de James D. Foley (que tinha deixado a amante morrer de overdose e fugido da casa dela, deixando a filha - que era dele! - de 2 anos sozinha, com a mãe a morrer. Mais tarde voltou a casa e chamou uma ambulância. A diocese conseguiu que se abafasse o caso).

Ou então o caso do bispo Thomas J. O'Brien (que escrevi aqui ou no outro blog)? Atropelou e matou um desgraçado e fugiu. Foi apanhado a tentar arranjar o carro às escondidas.

Como no mundo empresarial, a hieraquia da ICAR não premeia os melhores e os mais honestos...