quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Obama cumpre

(Fotografia gamada no The Guardian.)

O segundo dia do presidente Obama é um dia grande para os Direitos do Homem: confirma-se o encerramento de Guantánamo, e a modificação das regras de detenção e interrogatório (tortura) dos prisioneiros da «guerra cósmica contra o terrorismo», incluindo o fim (espera-se...) das prisões secretas do magrebe e do leste da Europa, e a aplicação das convenções de Genebra. Resta saber o que será feito com os detidos: repatriamento, exílio em países terceiros ou julgamento em solo dos EUA?