sexta-feira, 26 de setembro de 2008

george dos bosques: roubar aos pobres e dar aos ricos

«[...] Bush considerou o pacote de 700 mil milhões de dólares (475 mil milhões de euros) “bastante ambicioso para resolver um problema grave” [...]

Bush apresentou-se como um “fervoroso adepto da livre iniciativa empresarial”. “Daí, que o meu instituto natural é de me opor a uma intervenção do governo”, afirmou, sublinhando logo de seguida que “se deve deixar as empresas pagar pelos erros que cometem”.

Em circunstâncias normais teria seguido esse princípio. Mas não estamos nessas circunstâncias normais”, reconheceu George W. Bush [...]»


(PÚBLICO.PT --- 25.09.2008)

«[...] As políticas de privatização da segurança social ficaram desacreditadas: é eticamente monstruoso que seja possível acumular lucros fabulosos com o dinheiro de milhões de trabalhadores humildes e abandonar estes à sua sorte quando a especulação dá errado. [...]»

(Boaventura de Sousa Santos, "Visão", 25 de Setembro de 2008)